Trabalhar é Legal

O trabalho tem uma representação ampla na vida das pessoas. Não se trata apenas de conseguir meios de sobrevivência, de sustento. A ocupação profissional assegura maior liberdade, independência, valorização social, melhorias na qualidade de vida e maior auto-estima. Com base nesse entendimento, o programa “Trabalhar é legal” foi criado na FAENOL em 2007, a partir da perspectiva de trabalho do projeto de educação inclusiva.

Sua proposta é fazer a inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho, através de parcerias com empresas e ONGs, visando promover a autonomia produtiva do participante, e indiretamente, da sua rede familiar. Além de inserir no mercado, a equipe do programa realiza o acompanhamento e monitoramento das pessoas em seus ambientes de trabalho, auxiliando-os na adaptação. Também são realizadas reuniões semanais, em que é usado o método da conversação, para que possa haver troca de experiências entre os participantes, inclusive com aqueles que estão em processo de preparação para inserção no mercado de trabalho.

O “Trabalhar é legal” atende os alunos do Centro Ana Nascimento Souza, Escola de Artes e Ofícios Henos Gomes, alunos da EJA – Educação de Jovens e Adultos -, e pessoas em situação de evasão escolar, além de outras demandas espontâneas.